Prelo

Tudo o que a realidade pode ser – Conversa com Ingrid Tabares Fagundez

September 01, 2020 Tiago Novaes Season 1 Episode 11
Prelo
Tudo o que a realidade pode ser – Conversa com Ingrid Tabares Fagundez
Chapters
Prelo
Tudo o que a realidade pode ser – Conversa com Ingrid Tabares Fagundez
Sep 01, 2020 Season 1 Episode 11
Tiago Novaes

#011 – Convenhamos: está difícil dar conta de tanta realidade. Antigamente, dizíamos: haja hoje para tanto ontem. Hoje, podemos dizer: haja amanhã para tanto hoje.

Como dar conta de tanto presente? E como valer-se dos recursos da ficção para falar da realidade?

Mais uma vez, conversamos no Prelo sobre a não-ficção. E como já dissemos, não apenas porque se trata de um mercado de livros que mobiliza milhões de leitores, mas porque estamos precisando de companhia para compreender as coisas que estão nos acontecendo.

Jornalismo literário, ensaio, biografia, teses e dissertações – a não-ficção abarca um campo enorme e recria o método da escrita.

Nesta conversa, contamos com a participação de Ingrid Tabares Fagundez. O encontro transmitido neste episódio foi realizado originalmente em um evento organizado pelo canal Escrita Criativa.

Um pouco sobre a nossa convidada: Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Biografia e Gêneros de Não-Ficção pela University of East Anglia, na Inglaterra, Ingrid foi repórter da Folha de S.Paulo, onde passou pelo caderno Mercado e pela revista sãopaulo, e do serviço brasileiro da BBC, onde ainda cobre comportamento e política. Está trabalhando em seu primeiro livro de não-ficção, que reconta mitos amazônicos sob a luz da destruição da floresta.

Inscreva-se agora na Semana da Criação Literária, um evento online e gratuito entre os dias 25 e 31 de janeiro:

http://escritacriativa.net.br/ec2021/

Show Notes

#011 – Convenhamos: está difícil dar conta de tanta realidade. Antigamente, dizíamos: haja hoje para tanto ontem. Hoje, podemos dizer: haja amanhã para tanto hoje.

Como dar conta de tanto presente? E como valer-se dos recursos da ficção para falar da realidade?

Mais uma vez, conversamos no Prelo sobre a não-ficção. E como já dissemos, não apenas porque se trata de um mercado de livros que mobiliza milhões de leitores, mas porque estamos precisando de companhia para compreender as coisas que estão nos acontecendo.

Jornalismo literário, ensaio, biografia, teses e dissertações – a não-ficção abarca um campo enorme e recria o método da escrita.

Nesta conversa, contamos com a participação de Ingrid Tabares Fagundez. O encontro transmitido neste episódio foi realizado originalmente em um evento organizado pelo canal Escrita Criativa.

Um pouco sobre a nossa convidada: Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Biografia e Gêneros de Não-Ficção pela University of East Anglia, na Inglaterra, Ingrid foi repórter da Folha de S.Paulo, onde passou pelo caderno Mercado e pela revista sãopaulo, e do serviço brasileiro da BBC, onde ainda cobre comportamento e política. Está trabalhando em seu primeiro livro de não-ficção, que reconta mitos amazônicos sob a luz da destruição da floresta.

Inscreva-se agora na Semana da Criação Literária, um evento online e gratuito entre os dias 25 e 31 de janeiro:

http://escritacriativa.net.br/ec2021/